Polícia mata dois suspeitos em novo confronto

‘Bruno Baiano’ teria sido morto após reagir a prisão (ARQUIVO - Alagoas Web)

‘Bruno Baiano’ teria sido morto após reagir a prisão (ARQUIVO – Alagoas Web)

TEOTÔNIO VILELA – Em mais uma suposta reação a prisão dois suspeitos foram mortos a tiros em Alagoas.

O confronto aconteceu na manhã desta quinta-feira (20) na violenta cidade de Teotônio Vilela, no Agreste alagoano.

Conforme versão dos policiais Carlos Bruno Germano da Silva, 27, o ‘Bruno Baiano’ e outro homem, conhecido pelo renome de Ramon teriam reagido ao receberem voz de prisão de militares da 4ª Cia pertencente ao 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM). A dupla teria sido perseguida de um trecho da Rua Teófilo Pereira, no centro da cidade, até as margens da rodovia de acesso ao município, onde houve uma nova troca de tiros e as mortes..

Policiais informaram que ‘Bruno Baiano’ era um homem audacioso e impiedoso com suas vítimas e que teria envolvimento em diversos assaltos a mão armada, tráfico de drogas e cerca de 10 homicídios. Ele já foi preso em fevereiro de 2012 durante uma operação policial. Na época, o irmão de Carlos Bruno, um adolescente de 17 anos, também foi apreendido.

Bruno, segundo a polícia, era impiedoso com suas vítimas

Bruno, segundo a polícia, era impiedoso com suas vítimas

Redação            

Informações sobre este caso devem ser feitas ao Disque Denúncia, através do telefone 181. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar. A informação também pode ser dada através do site DISQUE DENÚNCIA